Sai relatório que aponta erro do piloto que levou à queda avião que transportava Gabriel Diniz

0

Condições meteorológicas adversas e a atitude do piloto levaram à queda do avião que transportava o cantor Gabriel Diniz, 28, em maio de 2019, mostra relatório do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), da FAB (Força Aérea Brasileira).

No dia 27 de maio do ano passado, Gabriel Diniz, do hit “Jenifer”, estava indo de Salvador para Maceió com o objetivo de encontrar a namorada, Karoline Calheiros, e a família, quando a aeronave caiu na cidade de Estância, na região de manguezal do Porto do Mato, perto da divisa entre Sergipe e Bahia.

No acidente, morreram Diniz e os outros dois ocupantes do avião, os pilotos Linaldo Xavier e Abraão Farias. De acordo com o Cenipa, era Xavier que estava no comando da aeronave e teria tomado atitudes consideradas erradas. Segundo o relatório do órgão, ele não avaliou adequadamente os parâmetros para a operação da aeronave com a decisão de prosseguir com o voo em condições meteorológicas desfavoráveis. Xavier estava com a habilitação de Avião Monomotor Terrestre (MNTE) válida.

O documento aponta um total de seis fatores que contribuíram para a queda. Além da atitude do piloto e das condições meteorológicas adversas, foram listados: indisciplina de voo, julgamento de pilotagem, planejamento de voo e processo decisório. “Além disso, é presumível inferir que o fato de transportar um artista que possuía compromissos familiares no destino tornou-se um dado relevante para a tomada de decisão, em detrimento a relevantes aspectos relativos à manutenção da segurança da operação”, diz o relatório.

Segundo informações da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave, que era propriedade do Aeroclube de Alagoas, não tinha autorização para fazer táxi aéreo, só poderia fazer voos de instrução. Ainda de acordo com a agência, o avião tinha o Certificado de Aeronavegabilidade, ou seja, autorização para voar, até 2023. A inspeção mecânica do monomotor também estava em dia e vigente até 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco oferta mais de 1,5 mil vagas em programas de residência para 2021

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) publicará neste sábado (05/12) o edital dos progra…