Reitoria cria comissão interna para coordenar ações de prevenção ao Coronavírus (Covid-19) na Univasf

Em virtude do cenário atual acerca do Coronavírus (Covid-19) e com base nas recomendações do Ofício-Circular nº 2/2020/CGLNES/GAB/SESU-MEC, o reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Julianeli Tolentino, instituiu na sexta-feira (13), a Comissão de Gerenciamento, Elaboração e Acompanhamento de Ações de Prevenção do Coronavírus (Covid-19). A equipe formada por servidores, docentes e técnicos da instituição, atuará junto à Administração Superior para elaboração e acompanhamento de diretrizes e procedimentos de prevenção e enfrentamento ao Covid-19, classificado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como pandemia, no último dia 11 de março.

Em documento encaminhado a todos os setores da Univasf, a Reitoria informa sobre as medidas adotadas a fim de inibir a exposição de estudantes, servidores e demais membros da comunidade interna a fatores de risco, entre as quais, a suspensão de eventos extracurriculares que possam atrair grande número de pessoas, especialmente em ambientes fechados, com possibilidade de aglomerações. Outras iniciativas envolvem ações educativas, e medidas para aquisição de suprimentos de limpeza em ambientes de uso coletivo. As medidas alcançam todos os campi da instituição, nos estados de Pernambuco (Petrolina e Salgueiro), Bahia (Juazeiro, Senhor do Bonfim, Paulo Afonso) e Piauí (São Raimundo Nonato).

De acordo com dados obtidos pela comissão interna junto aos órgãos de controle epidemiológico da região, em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), conforme boletins das respectivas secretarias municipais de saúde, não há casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19). Segundo registros, as notificações de casos suspeitos nas duas cidades deram negativo para Covid-19. Nas demais localidades onde a Univasf possui campus físico, até a última consulta, realizada na tarde de hoje pela equipe do Subistema Integrado à Saúde do Servidor (Siass/Univasf), há registro de ocorrência de dois casos suspeitos, um no município de Paulo Afonso e outro no município de Senhor do Bonfim, ambos ainda sem comprovação, aguardando resultados dos exames. Em Salgueiro (PE) não existe nenhum caso notificado. Em São Raimundo Nonato a Univasf não obteve informações oficiais sobre ocorrências. (Ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

UPE e Facape abrem seleção para monitores da Faculdade Aberta da Terceira Idade

A Faculdade Aberta da Terceira Idade (FATI) abriu inscrições para novos alunos. O período …