Raquel Lyra fala em negociar com a Polícia Civil de Pernambuco só depois do Carnaval

Às vésperas do início da greve dos policiais civis, a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, divulgou, nesta sexta-feira (9), que as negociações para a revisão dos salários da categoria devem ocorrer após o Carnaval, ainda neste mês de fevereiro.

O anúncio foi realizado durante visita ao Centro Integrado de Comando e Controle (CICCE), onde a gestora pôde conferir as operações das forças de segurança para o Carnaval 2024.

A greve dos policiais civis está programada para começar à meia-noite desta sexta-feira (9) e vai contra a decisão do Tribunal de Justiça de Pernambuco que havia proibido o início da paralisação e determinou multa diária de R$ 300 mil aos representantes da categoria, em caso de descumprimento.

“Durante o ano passado, por todas as circunstâncias que recebemos o Estado, não foi possível tratar de pauta salarial, mas este ano é o ano para a gente ter convergência e poder garantir que as conduções nas negociações feitas dentro da mesa de negociação, liderada pela Secretaria de Administração do Estado, possam ocorrer com tranquilidade”, afirmou Raquel.

A data exata da negociação não foi informada pela gestora, que disse confiar no trabalho dos agentes da Polícia Civil e no compromisso dos profissionais com a segurança da população pernambucana.

A governadora reforçou, ainda, que o efetivo está nas ruas e que as delegacias estão funcionando.

“Eu tenho muita confiança em quem faz a Polícia Civil de Pernambuco, no seu compromisso com a sua carreira, com o povo do nosso Estado, para garantir que a gente trabalhe durante o Carnaval com paz e tranquilidade, cada um podendo cumprir o seu papel”, afirmou a chefe do Executivo.

Entre as reivindicações da categoria, estão melhorias nas condições de trabalho, aumento salarial e do contingente.

Fechado para comentários

Veja também

Veículo roubado em Recife (PE) é recuperado pela PRF em Petrolina (PE)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou uma caminhonete Montana durante fiscalização …