Projeto Cine Muriçoca começa nesta quarta (19) em Juazeiro com exibição de filmes sobre arte e política

0

Com o tema “Arte e Política no cinema brasileiro”, começa amanhã (19), o projeto “Cine Muriçoca – Arte e Política”, promovido pelos Colegiados de Ciências Sociais e Artes Visuais da Universidade Federal do vale do São Francisco (Univasf). O projeto está dividido em ciclos, para participar não é preciso fazer inscrição prévia e as exibições ocorrerão às 16h, na sala de Vídeo do Centro de Artes Visuais, Campus Juazeiro. Os participantes com o mínimo de 75% de frequência serão certificados no final de cada ciclo.

Esta edição do Cine Muriçoca terá sete encontros, de julho a outubro, e o primeiro filme a ser exibido será “Jogo de Cena” (2007), do diretor Eduardo Coutinho. Cada ciclo do projeto terá até dez encontros e contará com a participação de convidados em sessões especiais, a fim de trazer novas reflexões sobre o filme e aprofundar o debate. O convidado para a primeira exibição é o professor do Colegiado de Artes da Univasf, Edson Macalini.

O Cine terá uma duração de cerca de 3 horas e os debates acontecerão depois da exibição. As obras escolhidas serão discutidas, considerando a mensagem que os autores e diretores dos filmes pretenderam passar, tentando destacar os elementos arte e política que estão por trás destas produções e falando sobre o Brasil através dos diferentes olhares sobre o país.

De acordo com a coordenadora do Cine Muriçoca, Simone Viscarra, o nome foi escolhido porque, na percepção do projeto, arte e política são assuntos que estão em tudo, por todos os lados. Por isso, a muriçoca foi escolhida para representa-los, já que é um animal pequeno que está em todos os lugares e se locomove para todos os lados, e que assim como a política, é visto como algo negativo.

O objetivo do evento é criar um espaço onde as pessoas possam acessar diferentes produções audiovisuais e promover a reflexão e a geração de debates coletivos. Deste modo, busca-se promover a interação entre os cursos da Univasf e também com a comunidade externa. “Nossa proposta é oferecer à comunidade um ambiente de troca e aprendizagem para além do meio convencional, destacando a necessidade de se promover o pensamento crítico por meio de debates”, afirma Simone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

“Está todo mundo aqui no ônibus e ele está com o licenciamento vencido”, dispara passageira; veja o vídeo

Um ônibus da empresa Falcão Real, que seguia viagem para Capim Grosso e cidades circunvizi…