Profissionais de Saúde de Pernambuco condenam ‘negacionismo’ de autoridades no combate à Covid

Em manifesto, profissionais de Saúde de Pernambuco condenaram o “negacionismo” e o “comportamento irresponsável” de algumas autoridades brasileiras no enfrentamento à pandemia de Covid-19. Segundo o texto do documento, que recolheu 1.458 assinaturas, os trabalhadores assistem “estarrecidos” o desenrolar da pandemia, que já ceifou a vida de mais de 200 mil brasileiros.

Um dos organizadores do manifesto, o médico geriatra Marcos Holmes, afirmou que o texto surge num momento de luta para a categoria de saúde. “O manifesto foi redigido num grupo pequeno de pessoas que não têm nenhuma vinculação partidária, mas que, motivados pelo sofrimento do dia a dia e por como a pandemia tem sido conduzida, entendeu a necessidade de manifestar as ressalvas”, detalhou.

O texto critica especificamente o posicionamento do Governo Federal e o classifica como “negacionista”. “A atitude negacionista do governo federal é diretamente responsável por essa triste estatística [a alta quantidade de mortes]. Quando a autoridade máxima do país despreza as medidas de isolamento social incita seus seguidores a fazerem o mesmo”, cita o manifesto.

(Folha PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Horário de funcionamento do Parque Municipal é reduzido em Petrolina (PE)

O funcionamento do Parque Municipal Josepha Coelho, em Petrolina, também foi alterado após…