Prodecon e Procon se unem para renegociar dívidas de petrolinenses até a próxima sexta-feira (12)

Petrolinenses que têm dívidas em atraso com bancos, financeiras ou outras instituições podem renegociar seus débitos e limpar o nome até a próxima sexta-feira (12) no ‘Mutirão de Renegociação’. O evento promovido pelo Prodecon e Procon/Facape oferece boas oportunidades já que as instituições cadastradas estão oferecendo condições favoráveis ao pagamento como ajuste do valor das parcelas, redução dos juros e multas, entre outras.

O evento teve início nesta segunda-feira (8), e somente nestes dois primeiros dias, mais de 270 pessoas foram atendidas. De acordo com o diretor do Prodecon, Hélder Gomes, o evento tem oferecido muitas soluções satisfatórias. “A adesão foi muito grande, felizmente, as pessoas tem adquirido, cada vez mais, consciência de seus direitos e isso mostra que o trabalho de órgãos de defesa como Procon e Prodecon tem surtido efeito”, disse.

A coordenadora do Procon da Facape, Geraldine Lins, destaca que os atendimentos estão sendo agilizados para alcançar o maior número de pessoas. “Tivemos uma grata surpresa com a adesão das pessoas e seguimos aqui para alcançar nosso objetivo que é atender o máximo de pessoas possíveis. Temos uma equipe competente e os atendimentos estão acontecendo rapidamente”, disse.

Atendimentos:

Para participar do mutirão, basta comparecer no Centro de Convenções das 8h às 12h e das 13h às 17h e apresentar o comprovante de compra ou documento relativo ao problema que deseja negociar. O mutirão faz parte de uma parceria entre Prodecon, Procon Facape, Sebrae e AGE. O atendimento é realizado por ordem de chegada, com distribuição de fichas.

Durante o mutirão, os consumidores terão a oportunidade de negociar suas dívidas com a Celpe, Compesa, Bancos, Financeiras, Cartões de Crédito, Prefeitura de Petrolina, Oi, entre outras. O CDL também disponibiliza consulta de SPC/Serasa, gratuitamente. Ainda durante o evento, são ministradas palestras de interesse geral, pelo Sebrae, Procon e Prodecon, AGE, Crediamigo e OAB abertas ao público. (ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): APLB Sindicato exige da SEDUC celeridade no cumprimento de direitos garantidos aos trabalhadores em educação 

A APLB Sindicato emitiu nota para cobrar da Secretaria de Educação de Juazeiro (BA) celeri…