Pró-Reitoria de Ensino propõe criação do Sistema Excepcional de Atividades Remotas na Univasf

0

A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) elaborou uma proposta para criação do Sistema Excepcional de Atividades Remotas (Sear), que tem o objetivo de retomar o vínculo dos discentes com a instituição durante o período de isolamento social, estabelecido em virtude da pandemia do novo coronavírus. A proposta de criação do Sear foi encaminhada para apreciação do Conselho Universitário (Conuni) e deverá entrar na pauta da próxima Reunião Ordinária, marcada para 29 de maio.

Conforme o projeto, o Sear é uma “proposta de ensino remoto emergencial, excepcional e temporário, que envolve o planejamento e execução de atividades acadêmicas com o uso de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação – TDIC, sejam elas, síncronas ou assíncronas, realizadas sem apoio de tutoria”. A ideia é possibilitar a oferta de atividades acadêmicas remotamente para os estudantes de graduação e pós-graduação da Univasf.

O pró-reitor de Ensino, Manoel Messias, ressalta que a proposta apresentada estabelece que a adesão ao sistema será facultativa aos docentes e discentes e as ações sugeridas poderão estar ligadas a componentes curriculares ou não. “Precisamos desenvolver experiências e tecnologias para usar nesse momento e nos pós-pandemia, porque acreditamos que a nossa sociedade não será mais a mesma depois que tudo isso passar. Precisamos propor alternativas, preocupados com a vida e com a saúde mental das pessoas envolvidas. A ideia do Sear vai neste sentido e mostra à sociedade que a Univasf está buscando alternativas”, afirma Messias.

Pela proposta, a Proen disponibilizará cursos de capacitação para uso de Metodologias Ativas para os docentes que demandarem suporte pedagógico e estabelece que alguns setores, como a Coordenação Pedagógica e o Departamento de Planejamento de Ensino (DPE) da Proen, e a Secretaria de Educação a Distância (Sead), darão apoio pedagógico aos professores e estudantes que necessitarem.

O projeto que propõe a criação do Sear também contém uma proposta de calendário a ser adotado, caso haja a aprovação da implantação do sistema Excepcional de Atividades Remotas na Univasf. Manoel Messias lembra que esta é uma proposta inicial para o Sear e o intuito é discuti-la com o Conselho Universitário e a comunidade acadêmica. “Queremos que a proposta seja discutida pela comunidade acadêmica e que sugestões sejam apresentadas para que possamos melhorar a concepção do Sear”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco registra em três semanas diminuição de 26% na fila por vaga de UTI

O tamanho da fila de pacientes com síndrome respiratória aguda grave que aguardam uma vaga…