Prima de jovem assassinado no bairro Alto do Cruzeiro em Juazeiro nega que vítima era ex-presidiário

0

mirian

A prima do jovem Anderson Martins de Souza de 24 anos, assassinado na rua 7 do bairro Alto do Cruzeiro na noite de Natal, procurou a nossa reportagem para contar que familiares da vítima foram ao Complexo Policial de Juazeiro para que sejam feitas as investigações sobre o crime.

De acordo com Mirian Martins Araújo, parente de Anderson,  a polícia alegou que o jovem era ex-presidiário e que o mesmo já havia praticado outros crimes. A prima dele nega.

“Ele era trabalhador e nunca matou ninguém e ele não era ex-presidiário e a polícia diz que ele era criminoso, mas nós queremos nossos direitos e esse crime terá uma solução, a polícia precisa provar que o meu primo não prestava”, disse.

Miriam criticou ainda sobre algumas postagens na mídia de que o seu primo tinha o apelido de “Andinho”. Na verdade ele era conhecido por “PIPI”. A mesma revelou que o jovem morreu enganado.

“O apelido dele é “Pipi” e confundiram ele com outra pessoa que está presa que tem o apelido de “Andinho”. Uma injustiça e mataram meu primo inocente, isso não vai ficar assim, estamos revoltados e quem cometeu esse crime, deve estar pesando agora na consciência.”, revelou a jovem.

Nossa equipe entrou em contato com o Complexo Policial de Juazeiro, mas não tivemos êxito. O espaço está aberto às autoridades que queiram contar a sua versão.

Relembre como ocorreu o assassinato clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Motorista é preso com caminhonete de luxo adulterada e documento falso em Cabrobó (PE)

Um homem de 34 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal com uma caminhonete de luxo …