Prefeitura de Juazeiro (BA) e Agrovale mantêm parceria em projeto social com doação de palhada a pequenos criadores

A prefeitura de Juazeiro, por meio da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP), reforçou a parceria com a Agrovale e o projeto de doação exclusiva da palhada (alimento animal volumoso decorrente da produção de cana-de-açúcar) será mantido. As doações devem ser retomadas em breve.

O município de Juazeiro é o principal parceiro da empresa, continuando com as doações aos pequenos produtores pecuaristas do município e região, visando a alimentação dos rebanhos bovinos, caprinos e ovinos por meio da destinação ambientalmente correta dos resíduos agrícolas, fomentando a cadeia produtiva do setor pecuarista.

De acordo com a coordenadora de Meio Ambiente da Agrovale, Thaisi Tavares, a ação é benéfica para a zona rural do município, principalmente em função do período de estiagem. “A continuidade dessa parceria faz parte do projeto de responsabilidade social e sustentabilidade ambiental da empresa. Com a doação do suporte alimentar, continuaremos contribuindo para o fomento dessa importante cadeia produtiva que tem parcela significativa no desenvolvimento de Juazeiro”, ressaltou.

Mudanças

Algumas mudanças no procedimento de doações foram ajustadas e os interessados no recebimento da doação da palhada residual da cana-de-açúcar devem se dirigir à ADEAP, na Rua Oscar Ribeiro, nº 110, Centro, ao lado da Vidraçaria Amâncio. Os demais municípios que tiverem interesse em continuar com o benefício das doações, deverão fazer o cadastramento dos seus produtores. Entretanto, nada impede que a secretaria de Agricultura de Juazeiro alinhe esse trabalho com os demais municípios.

Para Carlos Neiva, titular da ADEAP, a parceria entre prefeitura e Agrovale tem uma dimensão para além de questões econômicas, que é o lado social forte. “Entendendo a importância e a dimensão da caprino ovinocultura do município, a gente compreende que é necessária a busca pela legalização, para que o programa atenda ao destino final, que é o criador de caprino, ovino e bovino no município. E, queremos deixar claro, que nós da gestão Suzana Ramos estamos aqui para cumprir mais uma vez esse papel social de contribuir com a economia do pequeno criador – nesse caso específico com a palhada, que merece ter a destinação correta para o qual foi criado”, afirma Neiva. (ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeirense perde para o Santos no jogo de ida da Copa do Brasil

O Santos goleou a Juazeirense por 4 a 0 na Vila Belmiro nesta noite (28), pelo jogo de ida…