Prefeito Marcones Sá veta integralmente Projeto que torna cultos e missas essenciais em Salgueiro (PE)

O prefeito de Salgueiro (PE), Marcones Sá, vetou integralmente o Projeto de Lei nᵒ 011/2021, que tornava cultos e missas essenciais no contexto de quarentenas de contenção a doenças contagiosas. A proposta de autoria de Léo Parente foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores no dia 12 de março.

Informação do veto foi divulgada pelo vereador Sávio Pires na sessão ordinária de hoje. “Por quê, senhor prefeito, fechar as igrejas e deixar esses outros pontos de aglomeração e o senhor não toma nenhuma medida restritiva? A Caixa Econômica sempre acumulando pessoas e dentre outros pontos que têm aglomeração”, reclamou.

Decisão do STF

Na semana passada o ministro Kássio Nunes, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou a proibição do fechamento das igrejas. Contudo, no dia 8, o plenário do órgão se reuniu e decidiu por maioria dos votos que estados e municípios têm autonomia para deliberar sobre o funcionamento das igrejas e demais templos religiosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA) realiza Dia D de vacinação contra a gripe

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde, realizou neste sábado (19), em t…