Prefeito de Araripina (PE) é multado em blitz da Lei Seca após ter ingerido bebida alcoólica e emite nota de esclarecimento

O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel (PSL), foi multado em R$ 2.934,70 e teve a carteira de habilitação recolhida durante uma blitz da Operação Lei Seca em Recife (PE).

Os policiais militares que participavam da fiscalização convidaram Raimundo Pimentel a realizar o teste do bafômetro, em que foi constatado que o prefeito havia ingerido bebida alcoólica. Ele foi liberado após a chegada ao local de um condutor apto a dirigir o veículo.

Por meio de nota, Raimundo Pimentel afirmou que foi parado na blitz após tomar uma taça de vinho em um restaurante que fica a pouco mais de um quilômetro da casa do filho do prefeito e disse que teve a carteira de habilitação retida por algumas horas.

No texto, Raimundo Pimentel disse que “decidiu, espontaneamente, fazer o teste do bafômetro, quando foi constatada a ingestão de 0,07 miligramas por litro, quando o limite é 0,04”.

Também no comunicado, o prefeito declarou que ultrapassou “apenas 0,03 miligramas do limite prudencial” e que, em momento nenhum, esteve alterado ou deixou de colaborar com os agentes da Lei Seca.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a Operação Lei Seca não confirma de forma pontual caso a caso, devido a questões legais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco: Colegiado aprova vistorias em reservatórios de água de condomínios

A obrigatoriedade de vistorias em reservatórios de água de prédios residenciais e comercia…