Por que o Dia Nacional do Ciclista é em 19 de Agosto?

 

Em 19 de agosto de 2006, o biólogo Pedro Davison, então com 25 anos, foi atropelado enquanto pedalava no Eixo Sul, em Brasília. Pedro não resistiu e faleceu.

Quem conduzia o automóvel era Leonardo Luiz da Costa. Ele dirigia embriagado, excedia a velocidade permitida para a via e estava com a CNH vencida. Para piorar, fugiu sem prestar socorro.

Pérsio Davison, pai de Pedro, contou ao jornal Correio Braziliense que, no início, a situação era tratada como “acidente”. Apenas durante a investigação é que passou a ser considerada como crime.

“Foi o primeiro julgamento em Brasília como crime doloso de trânsito”, afirmou ao jornal. “O caso criou impacto forte na cidade, como a revelação de uma violência que não podia mais acontecer. Aquilo foi consequência do comportamento de uma pessoa.”

Condenação do criminoso

Levou quatro anos para que o autor do crime fosse condenado, por homicídio doloso. Em fevereiro de 2010, Leonardo Luiz da Costa foi sentenciado a 6 anos de prisão em regime semiaberto, após um julgamento de quase 10 horas. Por ser réu primário, o acusado pôde recorrer da sentença em liberdade. E cumprido um sexto da pena, o regime passaria a ser aberto.

Dia do Ciclista se torna Lei

Levou mais de 11 anos para que o 19 de agosto se transformasse no Dia Nacional do Ciclista. E não apenas como uma data informal: ela foi oficializada pela Lei 13.508, em 22 de novembro de 2017.(vadebake)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Confira os polos para atender demandas da população em Dia D da Vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

Para atender as demandas foram programados os seguintes polos: Por meio de agendamento: Va…