Policial militar é preso após atirar contra irmão, também PM, dentro de carro de aplicativo no Recife (PE)

Um policial militar foi preso suspeito de atirar contra o próprio irmão, também PM, na noite desse sábado (30). O caso aconteceu dentro de um carro de transporte por aplicativo no bairro da Guabiraba, Zona Norte do Recife, e está sendo investigado como tentativa de homicídio.

Segundo a Polícia Militar, os dois teriam solicitado a viagem partindo de Aldeia, em Camaragibe, no Grande Recife, para o bairro da Madalena, na Zona Oeste da capital pernambucana, e quando trafegavam pela Estrada da Mumbeca, se desentenderam e um deles efetuou dois disparos de arma de fogo contra o outro. O condutor, ao presenciar a situação, parou o veículo e se evadiu.

“No local, a PM encontrou o agressor ao lado do seu irmão, que estava deitado no asfalto. Ele afirmou que tinha disparado contra seu irmão após uma discussão banal. Ambos aparentavam estar em estado de embriaguez alcoólica”, disse a corporação, em nota.

A vítima foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, também na Zona Norte, e transferida para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central da cidade, quando estabilizada.

O suspeito de atirar foi encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e autuado em flagrante delito. Ele está no Centro de Reeducação (CREED), em Abreu e Lima, no Grande Recife, onde aguarda a audiência de custódia.

“Foram apreendidas duas armas de fogo, em situação regular, que estavam sendo portadas pelos envolvidos, além de um veículo Voyage pertencente ao motorista de aplicativo. A ocorrência foi encaminhada para a Diretoria de Polícia Judiciária Militar (DPJM)”, acrescentou a PM.

As investigações seguem paralelamente pelas polícias Civil e Militar.

Fechado para comentários

Veja também

Governo de Pernambuco contrata empresa organizadora do concurso da Polícia Científica com 213 vagas

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta terça-feira (23), a contratação da empresa AOCP &#…