Policiais civis fecham acordo com o governo e encerram movimento de greve

0

civil

Os policiais civis de Pernambuco, em estado de greve desde a última sexta-feira, aceitaram a proposta do governo e encerraram o movimento paredista em assembleia da categoria na noite desta quinta. A pauta de reivindicações dos servidores foi entregue ao governo em janeiro deste ano, mas, de acordo com o Sindicato dos Policiais Civis, nenhuma das reivindicações foi atendida.

O acordo firmado com a gestão prevê progressão de salário de 1,5% já em dezembro e com efeito retroativo a março. Os policiais também deverão receber um auxílio transporte adicional de R$ 350. Ainda durante a assembleia, ficou instituído um grupo de trabalho para rediscutir o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos da categoria em até 90 dias. Outra equipe tem o mesmo prazo para elaborar uma proposta de Lei Orgânica da Polícia Civil de Pernambuco, para estruturar melhor os atendimentos à população.

HISTÓRICO

Os problemas da polícia foram amplamente divulgados ao longo do ano. “A categoria está indignada com a falta de sensibilidade com os problemas que afligem não só os policiais, mas a população do estado”, explicou o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros. De acordo com ele, os trabalhos estão sendo prejudicados pelo cenário. “As investigações estão praticamente paradas, não tem policiais para investigar e sem investigação não tem punição para os criminosos”, reclamou.

O pleito dos policiais envolvia, além da recomposição dos salários, incluindo a fixação do percentual de 225% de gratificação de função policial para todos, a convocação de 100 escrivães e 700 agentes concursados para substituir outros que se aposentam até o final do ano e a equipagem adequada para trabalhar com segurança, inclusive coletes a prova de bala, melhores condições de trabalho nas delegacias. (DP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Caixa paga R$ 1,2 bi de auxílio emergencial para nascidos em abril

Cerca de 3,4 milhões de beneficiários do ciclo 5 nascidos em abril receberão R$ 1,2 bilhão…