Polêmica em Petrolina (PE): Vereador Gilmar Santos diz que ‘parte dos evangélicos são criminosos’ e Wenderson Batista rebate: “Bandido tem da igreja ao cabaré”

Uma polêmica foi registrada na sessão da Câmara de Vereadoes de Petrolina (PE) na manhã desta terça-feira envolvendo a essencialidade dos atos religiosos e igrejas no município.

O vereador Gilmar Santos (PT) foi o primeiro a mencionar a Lei sancionada pelo prefeito Miguel Coelho durante a sessão, quando ele chamou a matéria de “inverdades para fazer média com o meio evangélico”.

“Muito estranho quando alguém veste a carapuça, quando eu digo que parte dos evangélicos são criminosos, pegue a lista do Pastor Everaldo, diga aqui que o padre Robson não é criminoso, quem defende essa gente é bandido do mesmo jeito”, alfinetou.

Wenderson Batista (DEM), o “Pé-de-Galo” rebateu duramente as críticas do vereador petista em tom de desabafo.

“Bandido tem da igreja ao cabaré, temos que acabar com essa baixaria, eu tenho vergonha de alguns vereadores, quem for católico, evangélico ou ateu, cuide da sua vida, fomos eleitos Gilmar com o voto do povo e por que essa esculhambação? Toda sessão é isso”, disparou o vereador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Instituto de Previdência lança campanha alertando sobre violência financeira contra idosos

Idosos que não têm acesso aos seus cartões bancários ou são forçados a fazer empréstimos p…