Polêmica de homem nu interagindo com criança é repudiada por Ronaldo Silva: “Saudade da ditadura pra colocar essa cabra safado na peia”

O vereador Ronaldo Silva (PSDB) repudiou a atitude de uma peça teatral que foi apresentada em São Paulo, que gerou polêmica.

Uma performance que ocorreu durante a abertura da 35ª Mostra Panorama da Arte Brasileira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), mostra uma criança tocando um homem nu, com o pênis a mostra, durante o evento, passaram a circular nas redes sociais.

“A cultura é o Xaxado, Bumba-meu-Boi e não a falta de respeito com as famílias e as crianças, a nudez apresentada nessa peça não é cultura e sim uma esculhambação, onde os autores chamam de cultura, só se for da pornografia, da falta de respeito. Saudade da ditadura militar pra colocar essa cabra safado na peia. Não é justo, isso não é arte e pegam o dinheiro público para investir nisso”, disparou Ronaldo Silva.

A performance foi apresentada pelo coreógrafo Wagner Schwartz. Nas redes sociais, internautas criticaram a exposição, comentando que ela seria “sem noção” e que a interação da criança com o coreógrafo foi “um absurdo”.

 O MAM se pronunciou sobre a polêmica ainda na noite de quinta-feira, por meio de um post na página do Facebook do museu.

Em nota, o museu explica que tem o costume de sinalizar as exposições e performances com tema “sensível à restrição de público”, além de informar que a apresentação do coreografo não tinha teor erótico. O MAM ressalta ainda que a menina estava acompanhada da mãe durante a exposição.

1 Comentário

  1. José Carlos

    6 de outubro de 2017 em 08:29

    Eu achei um absurdo, mas maior absurdo e ver um vereador sentir saudade da ditadura…e muita imbecilidade

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Vai faltar água em toda a cidade na próxima terça-feira (20)

A Prefeitura de Juazeiro, através do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), inform…