Pilão Arcado: Incêndio já destruiu 200 hectares de caatinga e atinge quatro povoados

0

Já são cerca de 13 dias de intensos focos de incêndio na caatinga na zona oeste do município de Pilão Arcado, norte da Bahia, no quadrante regional entre os povoados de Mandarino, Brejo da Serra, Jurema dos Devesa e Zé Lopes.

O incêndio já destruiu mais de 200 hectares de caatinga, matando animais silvestres e atingindo dezenas de propriedades rurais sem falar na exposição ao risco de vida que a população está enfrentando.

O vereador Luiz Claudio e o funcionário da prefeitura Onildo Lopez estiveram neste sábado (14) na região para realizar o reconhecimento das áreas atingidas e assistir de perto a magnitude da situação e conceder apoio as populações, visto que até o momento o corpo de bombeiros regional não se manifestou. ”Estamos aqui para realizar o reconhecimento da área e conceder total a apoio as populações”, afirma o vereador.

O corpo de bombeiros mais próximo está a cerca 300 km na cidade de Juazeiro, de acordo com o Portal TBahia, não existe brigadistas, e os moradores não foram treinados para enfrentar a situação como essa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dengue pode fornecer anticorpos contra Covid-19, aponta pesquisa brasileira

Em um estudo que buscou identificar as características da propagação do novo coronavírus n…