PGR estuda recurso contra decisão que libera presos condenados após 2ª instância

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, avalia entrar com recurso contra a decisão do ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determina a liberação de presos condenados após 2ª instância (veja mais). Em nota, ela disse que ainda não foi intimada da liminar.

“A procuradora-geral destaca que o início do cumprimento da pena após decisões de cortes recursais é compatível com a Constituição Federal, além de garantir efetividade ao Direito Penal e contribuir para o fim da impunidade e para assegurar a credibilidade das instituições, conforme já sustentou no STF”, relata a nota divulgada pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

1 Comentário

  1. Lino Silva

    19 de dezembro de 2018 em 16:18

    Esse ministro quer causar um caos no país! Apenas no intuito de beneficiar um preso, quer colocar nas ruas quase 170.000 bandidos….que país é esse?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Semana fecha com saldo de três mortos por acidente de moto em Petrolina (PE)

A segunda semana de janeiro registrou três mortes provocas por acidente de trânsito em Pet…