PF prende dono de sítio suspeito de ajudar fugitivos de presídio de Mossoró

A Polícia Federal prendeu, nesta segunda-feira (26), uma nova pessoa acusada de ajudar na fuga de Rogério Mendonça e Deibson Nascimento, que escaparam da Penitenciária Federal de Mossoró na quarta-feira (14). O dono de um sítio nos arredores da cidade do interior do Rio Grande do Norte, teria recebido R$ 5 mil dos criminosos para auxiliá-los na fuga.

Segundo fontes que acompanham as investigações, o homem teria procurado a polícia para afirmar que havia sido coagido a ajudar os foragidos, mas a polícia identificou que, na verdade, ele tinha recebido dinheiro para ser cúmplice da dupla. Não há informação se o dono do sítio tem ligação com facções criminosas

A reportagem não conseguiu localizar a defesa do suspeito. À mídia local, o homem afirmou que foi refém dos bandidos e que teria ficado oito dias sob poder dos criminosos. O dono do sítio disse ainda que chegou a gastar R$ 500 para dar suprimentos aos bandidos.

Na quarta-feira (14), dois prisioneiros fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Na ocasião, os detentos usaram uma barra de ferro para ampliar o buraco de uma luminária, por onde escalaram para acessar o teto do presídio e fugir. Apesar de 600 homens envolvidos nas buscas, até o momento os criminosos não foram encontrados. (Estadão Conteúdo)

Fechado para comentários

Veja também

Bahia: Aneel autoriza reajuste médio de 1,53% para tarifa de energia elétrica 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou um reajuste médio de 1,53% para a…