Petrolina (PE):  Sobre caso do Vereador Gaturiano Cigano, presidente  da Câmara diz que não vai fazer caça às bruxas e que aguarda documentação oficial

 O presidente da Casa Plínio Amorim, Aero Cruz,  esclareceu durante  sessão desta quinta-feira (17), na Câmara de Vereadores de Petrolina (PE),  como ocorreu o mandado de busca e apreensão realizado pela  Polícia Federal  na manhã de ontem (16), no   gabinete do vereador Gaturiano  Cigano. Ele também reforçou que a mesa diretora só vai se pronunciar e tomar alguma atitude quando receber documentação oficial da PF ou justiça. 

 “Eu quero colocar pra todos de como aconteceu. No dia de ontem (16),  eu recebi a ligação 6h da manhã do delegado da Polícia Federal se colocando que estaria aqui em frente a Câmara num mandado de busca e apreensão,  e solicitando minha presença para acompanhar os trabalhos deles. De pronto vim à casa,  solicitei o corpo jurídico e  administração para que acompanhassem. Eu acompanhei de perto a busca que eles fizeram no gabinete. Os policiais  mesmo que abriram a porta, não danificaram nada,  fizeram todo o levantamento. Muito profissional. Não tocaram no assunto no que estavam investigando e eu não quis intervir, mas acompanhei de perto.  Nessa busca e apreensão levaram HD da CPU, agenda  com algumas anotações e alguns documentos que eles acharam que deveriam contribuir com as investigações”, disse.

Quanto a decisão da mesa diretora sobre as investigações da Polícia Federal,  o presidente da Câmara disse que até o momento a Casa Plínio Amorim não recebeu  documentação oficial da PF ou da justiça sobre o desfecho do caso,   e que só irá se pronunciar quando receber.

“Até esse momento essa casa não recebeu e não tem nada oficial se o vereador está detido, fugido, pagou fiança. Nenhuma comunicação. Chegou aqui a justificativa de ausência do vereador. Quero aqui dizer que na hora que receber, nos vamos cumprir com nosso dever. Quero aqui deixar bem claro aqui: não vou fazer caça à bruxa. Não vou fazer o que ciclano quer,  o que A quer   ou B quer. Vou fazer o que manda a lei”, assegurou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Homem é atacado por bode no bairro Quati II e sofre corte profundo na mão

Um homem sofreu um corte profundo na mão depois de ser atacado por um bode no bairro Quati…