Petrolina (PE): Sindicato emite nota de repúdio após críticas da vereadora Maria Elena sobre trabalho de servidores do UBS da Areia Branca

O Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco (SEEPE), emitiu nota de repúdio  após as declarações da vereadora Maria Elena (MDB),   feitas durante  sessão ordinária no último dia 16 de novembro em que a edil criticou o trabalho dos servidores municipais da UBS Dr. Manoel Possídio (Areia Branca), em Petrolina (PE).

Quando você vai pra UBS de Areia Branca têm umas funcionárias que acham que são eternas, porque são concursadas, porque tratam as pessoas mal, com desdém. A pessoa fotografa e (a funcionária) fala que vai processar”, disse.

Em nota, o Sindicato argumentou que a  vereadora generalizou e tentou desmoralizar os servidores. “Vimos manifestar, com veemência, o nosso repúdio às declarações contraditórias, desrespeitosas e injustas da vereadora Maria Helena, que atinge, de forma acintosa, o trabalho dos servidores municipais da UBS Dr. Manoel Possídio (Areia Branca).

A mesma relatou em tribuna, terça-feira (16/11/21), que anda na UBS Vila Eduardo e que é maravilhoso, porém na UBS da Areia Branca existem profissionais que acham que são estrelas, porque são concursadas e tratam as pessoas mal, com desdém. Fala também que se algum usuário for tirar foto, o servidor avisa que vai processar.

Esse tipo de vilania merece ser desconsiderada, uma vez que a mesma não condiz com a realidade dos servidores da unidade. A vereadora generalizou e tentou desmoralizar estes com o seu relato. Maria Helena também se contradiz da sua fala anterior quando afirma que fez visita na unidade da Areia Branca, mas que não presenciou nenhum tipo de mal atendimento.

Com relação ao fato dos servidores negarem ser fotografados, afirmamos que conforme o Artigo 21 do Código de Ética da Enfermagem, o profissional tem o direito de negar-se a ser filmado, fotografado e exposto em mídias sociais durante o desempenho de suas atividades profissionais.

Vale lembrar que, conforme legislação vigente, desrespeitar o servidor no exercício de sua função é crime, podendo levar inclusive à prisão.

Repudiamos o desrespeito ao servidor público concursado, o qual se encontra exercendo suas atribuições com compromisso, respeito e responsabilidade, principalmente neste tempo de Pandemia”.

O  Blog Edenevaldo Alves aguarda posicionamento da vereadora sobre o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco registra 450 novos casos e seis mortes por Covid-19 nas últimas 24h

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (8), s…