Petrolina (PE): Simão Durando anuncia pagamento do terço de férias para professores da rede

Boas notícias para os professores da rede municipal de ensino em Petrolina que irão receber, de forma inédita, uma renda extra neste mês de junho. Nesta quinta-feira (20) o prefeito Simão Durando anunciou o pagamento do terço de férias para os professores em regência, ou seja, que estão em sala de aula. O valor já será depositado na conta dos docentes nesta sexta-feira (21).

O terço de férias será calculado sobre 45 dias, sendo 30 dias pagos no mês de janeiro e 15 dias no mês de junho. Com isso, serão investidos 2 milhões de reais, beneficiando mais de 2.600 professores efetivos e contratados da nossa rede de ensino. Além disso, o prefeito Simão informou que foram iniciados também os cálculos para o pagamento do retroativo dos últimos 5 anos para esses profissionais, com pagamento previsto para agosto.

A valorização dos professores através do pagamento do terço de férias é uma medida significativa, pois reconhece não apenas o direito estabelecido em lei, mas também o valor do trabalho desempenhado por esses profissionais na educação. Esse benefício assegura uma remuneração justa durante o período de descanso e também contribui para a motivação e bem-estar dos professores, refletindo diretamente na qualidade do ensino oferecido aos alunos.

O gestor petrolinense destacou que a medida é uma forma de reconhecimento do esforço contínuo dos professores ao longo do ano letivo. “Essa é uma ação muito importante de reconhecimento aos profissionais da educação que são essenciais para o desenvolvimento social e cultural do nosso município, é uma medida que promove a dignidade e a valorização dos professores, contribuindo para um ambiente de trabalho mais justo e equilibrado. Vamos continuar trabalhando forte e valorizando cada vez mais de quem faz da Educação de Petrolina o orgulho de Pernambuco”, destacou o prefeito.

Fechado para comentários

Veja também

Mais de 10 milhões de pessoas trabalham no comércio brasileiro, diz pesquisa

O número de pessoas que trabalham no comércio no Brasil chegou a 10,3 milhões em 2022, o m…