Petrolina (PE): Projeto Sorrisinho é realizado até sexta-feira (11) nas escolas municipais

O atendimento odontológico feito pelo Projeto Sorrisinho para alunos de 4 a 15 anos da Rede Municipal de Petrolina segue até esta sexta-feira (11). O serviço gratuito é realizado nas escolas da rede, através de agendamento de pais e responsáveis.

O projeto é ofertado em parceria com o Programa Busca Ativa Escolar, através da Secretaria Municipal de Educação (SEDUCE), e desenvolvido por uma equipe de profissionais da odontologia preparados para prevenir doenças e conscientizar sobre a importância de uma boa higiene bucal. O atendimento conta com restauração de dentes, aplicação de flúor e orientações para os estudantes.

Pais e responsáveis precisam agendar o serviço odontológico com o professor da criança. Os atendimentos ocorrem sempre no período da tarde. Para seguir todos os protocolos de segurança e prevenção da Covid-19, serão atendidas seis crianças por dia. Um kit, formado por escova e pasta de dente, fio dental e folheto informativo com instruções de higiene bucal, também será entregue aos alunos atendidos.

Funcionando desde 2017 nas escolas municipais, o projeto Sorrisinho precisou ser transferido para os Centros de Referência de Assistência Social de Petrolina (CRAS) com o início da pandemia. A retomada nas escolas acontece com respeito às medidas e aos protocolos de segurança.

“O grande propósito do nosso retorno é não deixar nossas crianças desassistidas durante o período da pandemia. Estudos recentes demonstram que as crianças tiveram um aumento significativo de cáries e problemas bucais devido ao receio dos pais em buscarem atendimento durante a pandemia. É de extrema importância ofertarmos esse atendimento para que nossas crianças tenham uma saúde bucal adequada e para afastarmos qualquer foco de infecção”, explica Tamires Coelho, diretora de Saúde Bucal Especializada. (ascom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pesquisa Covid-19: mais da metade dos Municípios deram início à vacinação por faixa etária

A imunização por faixa etária, de pessoas abaixo de 60 anos sem comorbidades, teve início …