Petrolina (PE): Prefeitura explica instalação de sensores da Zona Azul na cidade

O sistema de Zona Azul de Petrolina (PE) está sendo modernizado, e em breve, os motoristas contarão com auxílio da tecnologia na hora de buscar uma vaga para estacionar no centro da cidade.

A novidade será possível com a implantação de sensores veiculares que possibilitarão que o condutor localize, por aplicativo, onde há vaga disponível para estacionar. O sistema existe apenas em alguns shoppings do Brasil e cidades como Serra (ES) e São José dos Campos (SP), mas é inédito em gestões públicas. Os sensores já começaram a ser instalados ao longo da Avenida Guararapes, Souza Filho, Souza Júnior e Dom Vital, e a previsão é de que, até o fim de novembro, o sistema esteja operando.

O diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla), Franklin Alves, destaca que o novo sistema vai reduzir o tempo de procura por vagas, e consequentemente, trazer economia ao usuário.

“Antes de tudo, é importante lembrar que não haverá nenhum custo a mais por esse estacionamento inteligente. Além da praticidade para o motorista, que vai poder encontrar uma vaga mais rápido, esse sistema deve trazer economia ao usuário. Uma das maiores reclamações da população atualmente é o alto preço do combustível, e de certa forma, isso vai evitar que o usuário circule mais em busca de estacionamento”, reforça.

O gestor também explica que os sensores serão interligados aos painéis dispostos em locais estratégicos que mostrarão se há vagas disponíveis naquela rua. Caso não haja nenhuma vaga disponível, o motorista poderá desviar a tempo, procurando uma vaga mais próxima. Ainda segundo a Ammpla, a expectativa é que sejam instalados cerca de 8 painéis em pontos estratégicos da área central.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

 Familia  confirma que corpo encontrado em Lagoa Grande (PE) é de caminhoneiro que estava desaparecido

A família do caminhoneiro Vinicius Arruda de Oliveira, que estava desaparecido desde a últ…