Petrolina (PE): Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes reservou um pavilhão específico para detentos positivados com coronavírus

0

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE), juntamente com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), destacam que, em virtude da epidemia pelo novo coronavírus (Covid-19), implantaram um conjunto de medidas para garantir atenção à saúde das pessoas privadas de liberdade no sistema prisional do Estado. Neste sentido, a SES-PE elaborou a Nota Técnica com o objetivo de orientar as equipes e os profissionais de saúde sobre o papel do serviço no manejo e controle da infecção.

As pessoas privadas de liberdade que apresentem sintomas gripais são acompanhadas diariamente pelos profissionais de saúde das Equipes de Atenção Primária Prisional (EAPPs) da SES/PE. Caso ocorra agravamento dos sintomas, são encaminhadas para assistência em unidade de referência da Rede de Atenção à Saúde (RAS). A Secretaria Estadual de Saúde ainda pontua que em todas as unidades prisionais do Estado os reeducandos sintomáticos têm disponível exame para diagnóstico da Covid-19.

A SES-PE e a Seres informam, ainda, que estão desenvolvendo um processo contínuo de capacitação para os profissionais de saúde das EAPPs e policiais penais, com o objetivo de preparar estes técnicos para o adequado acolhimento. Além disso, desde o início da epidemia a SES-PE ampliou o funcionamento das Unidades Básicas de Saúde Prisional, garantindo a população privada de liberdade o atendimento necessário durante os finais de semana e feriado. Estas ações viabilizam o reconhecimento precoce e controle de casos suspeitos para a infecção humana pelo novo Coronavírus (Covid-19) na saúde prisional de Pernambuco.

PETROLINA – Em relação à Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes (PDEG), em Petrolina, a Seres informa que foram confirmados 61 casos, sendo 10 já recuperados e os demais em isolamento na unidade, nenhum óbito. A PDEG reservou um pavilhão específico, ao lado das enfermarias, onde estão apenas os detentos positivados. No local, eles são monitorados diariamente pelos profissionais de saúde.

A Seres esclarece que as visitas presenciais foram suspensas há três meses a fim de proteger detentos, servidores e familiares. Para amenizar os efeitos do distanciamento social entre as pessoas privadas de liberdade e suas famílias, foram implantadas as visitas virtuais nos 23 estabelecimentos penais do Estado. Somente na unidade de Petrolina, foram realizadas 195 comunicações virtuais. Em Pernambuco, já são quase oito mil.

As informações sobre os detentos recolhidos na PDEG podem ser obtidas no setor Psicossocial (87) 3866 6643.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Restaurantes têm sofrido com falta de flexibilização do horário e rigor da  fiscalização municipal

O horário para finalizar o expediente nos  restaurantes de Petrolina (PE), tem deixado os …