Petrolina (PE): Pai é acusado de agredir bebê de apenas três meses

Uma viatura da polícia militar foi acionada por conselheiros tutelares para apoiar uma ocorrência de maus-tratos contra um bebê de apenas três meses, na Ilha do Coqueiro, zona rural de Petrolina (PE), onde a mãe da criança acusou o esposo de ser o agressor, ele que é pai da vítima.

Segundo o relato da mãe que é menor de idade, o acusado teria se irritado após a criança ter acordado chorando, momento em que o suspeito partiu com agressividade para cima da vítima, causando vários hematomas, e ainda não permitiu que a mãe a amamentasse.

Na residência do acusado, a polícia ainda apreendeu quatro pés de maconha. Diante dos fatos todos os envolvidos foram apresentados à Delegacia de Polícia Civil, para as medidas cabíveis da Lei. (Informações do repórter Ivo da Hora).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Homem é preso suspeito de estuprar mulher após simular sessão espiritual em Remanso (BA)

Um homem de 29 anos foi preso suspeito de estuprar uma mulher após simular uma sessão espi…