Petrolina (PE): Muro do Centro de Zoonoses é derrubado pela terceira vez em um mês

A madrugada deste sábado(19) foi de mais um ato de vandalismo contra o patrimônio público em Petrolina. É que o muro de proteção do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) foi derrubado mais uma vez, esse é o terceiro ato de vandalismo registrado em menos de um mês.

O crime contra o patrimônio público se configura nos atos de vandalismo contra bens públicos e de uso coletivo. De acordo com o artigo 163 do Código Penal, “Destruir, inutilizar ou deteriorar o bem ou serviços de uma união, tanto estado, quanto município é considerado crime contra o patrimônio público com pena de detenção, de seis meses a três anos, e multa, além da pena correspondente à violência”.

Para o diretor-presidente da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS), Marcelo Gama, a ação deste sábado foi  na mesma área que havia sido construída recentemente e que acessa o curral dos animais de grande parte. “É algo que está nos entristecendo muito, mas ressaltamos que todas as medidas administrativas e punitivas estão sendo adotadas e logo os responsáveis irão responder criminalmente. Ainda é importante destacar que, o nosso trabalho é de proteção à saúde da população e a lei será cumprida. Não vamos passar a mão na cabeça de ninguém e seguiremos com nosso trabalho de retirada dos animais de grande porte dos perímetros urbanos. Continuaremos aplicando multas para retirada desses bichos, caso não procurem para retirada dentro do prazo de 24h os animais serão doados. É o que está na lei e estamos cumprindo”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…