Petrolina (PE): Mulher denuncia o Hospital IMIP-Dom Malan sobre sumiço do seu bebê recém-nascido; veja vídeo

Um vídeo viralizou na internet nesta quinta-feira (14) e traz uma grave denúncia envolvendo o Hospital IMIP- Dom Malan, em Petrolina (PE): Um mulher, que se identifica apenas como Patrícia, relata que passou por uma cesárea na unidade de saúde na madrugada do dia 26 para o dia 27 de outubro de 2020. Ela afirma que estava grávida de uma menina, mas que, após o parto, funcionários do hospital levaram a menina e trouxeram um garoto como sendo o seu filho. O menino morreu poucas horas depois. Segundo Patrícia, o marido e a mãe, que a acompanhavam, foram impedidos de entrar no hospital.

Patrícia explica que passou por diversas consultas e exames, que atestavam a espera de uma menina saudável. No oitavo mês de gestação, entrou em trabalho de parto e procurou uma maternidade de Juazeiro (BA) até que houve a decisão de transferi-la para o Hospital Dom Malan.

Ela conclui o vídeo fazendo um apelo às autoridades, pedindo a oportunidade de fazer um teste de DNA com o menino morto recebido, para atestar que não era o seu filho e que sua verdadeira filha sumiu.

O Blog entrou em contato com o Hospital Dom Malan que, em nota, respondeu que “segue rígidos protocolos de segurança do paciente e orientações do Ministério da Saúde, inclusive, para este período de pandemia – que reduziu o fluxo de pessoas dentro da unidade materno-infantil. O caso já está nas mãos da justiça e com os advogados. O hospital reafirma, neste momento, o compromisso com a família de prestar todos os esclarecimentos necessários para elucidação do ocorrido”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Agricultor é assassinado com tiro de calibre 12 no rosto na zona rural

Um agricultor  identificado como  João Carlos Honorato,  de 30 anos de idade,  foi assassi…