Petrolina (PE): Motoristas de aplicativos paralisam atividades em protesto contra PL que regulamenta atividade da categoria

Na manhã desta terça-feira (26), motoristas de aplicativos de Petrolina (PE) aderiram a uma paralisação nacional, em protesto contra o Projeto de Lei (PL) que regulamenta a atividade da categoria.

Em Petrolina (PE), os veículos foram encostados no Pátio de Eventos Ana das Carraancas, sem carreata, em uma manifestação pacífica. O intuito não era atrapalhar o transito na cidade.

Segundo a categoria, o principal item pedido na regulamentação, que é o pagamento de R$ 2 por quilômetro e tempo rodados, não consta no projeto. Em seu ligar, foi delimitado o valor de R$ 32,09 por hora trabalhado, o que, para os motoristas, apenas causaria prejuízo.

Além de Petrolina (PE), cidades como Caruaru, Porto de Galinhas, Garanhuns e Vitória de Santo Antão receberam atos. Segundo os motoristas, esse o maior ato da categoria na história de Pernambuco.

Fechado para comentários

Veja também

Confira a cotação dos hortifrutigranjeiros comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro nesta quinta-feira

O Mercado do Produtor de Juazeiro divulgou a cotação dos produtos comercializados no entre…