Petrolina (PE) mantém ótima colocação no Mapa do Turismo Brasileiro

Petrolina faz parte do Mapa do Turismo Brasileiro 2022-2023. O certificado foi concedido semana passada, pelo Ministério do Turismo (MTur) por meio do Programa de Regionalização do Turismo e dos Interlocutores Estaduais do PRT. Os dados turísticos do município estão registrados no Sistema de Informações do Mapa do Turismo Brasileiro, o SISMapa, e qualquer pessoa pode acessar as informações da capital do Sertão do São Francisco.

De acordo com a diretora de Turismo, Taís Farias, Petrolina se manteve na categoria ‘B’, de uma escala que vai da ‘A’ a ‘E’, sendo que dos 185 municípios do Estado de Pernambuco, 12 estão nesta categoria, ressaltando que somente as cidades de Recife e Ipojuca estão na categoria ‘A’. O município ainda se destaca no turismo de negócios e agronegócios, além do turismo de lazer.

Para permanecer no Mapa, o município atendeu alguns requisitos, a exemplo de orçamento próprio destinado ao turismo; ter prestadores de serviços turísticos registrados no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur); possuir um órgão de turismo em atividade e um conselho municipal funcionando, visto que este é o primeiro passo para o desenvolvimento integrado da atividade turística.

“O Mapa mostra que as políticas públicas desenvolvidas em Petrolina estão no caminho certo e que a cidade se consolida cada vez mais como destino turístico, a exemplo do nosso São João, que é destino nacional. Com a implantação do Plano Municipal de Turismo, nosso objetivo é ser referência nacional em turismo de negócios e enoturismo, promovendo experiências no rio São Francisco e que estimulem o desenvolvimento das atividades náuticas”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Jorge Assunção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…