Petrolina (PE): Mais de 20 mil pessoas utilizaram o serviço do CAPS em 2021

A Prefeitura de Petrolina oferece atendimento especializado para pacientes com transtorno de saúde mental. De acordo com o levantamento realizado pela Secretaria de Saúde, mais de 20 mil pessoas utilizaram o serviço nesse último ano. O município dispõe de três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS): um voltado para usuários de álcool e outras substâncias; outro para pacientes com transtornos mentais graves e persistentes; e o que faz atendimento infanto-juvenil, voltado para crianças e adolescentes com transtorno mental e uso abusivo de álcool ou outras drogas.

Os CAPS e as duas Unidades de Acolhimento oferecem um atendimento especializado para cada tipo de situação. A diretora de Atenção Especializada, Stephanie Souza, explica como é o funcionamento desses equipamentos “Temos uma equipe multiprofissional em cada Caps composta por psicólogos, psiquiatra, redutor de danos, enfermeiros e assistente social. Nosso objetivo é fazer um acompanhamento psicossocial de pessoas com transtorno de saúde mental, garantindo ações de reinserção social através do retorno as atividades do cotidiano, como trabalho”, destaca.

Para ter acesso ao serviço, basta procurar um desses equipamentos. Os pacientes que são encaminhados dos CAPS vão para as Unidades de Acolhimento que funcionam 24 horas, 7 dias por semana e são voltadas para pessoas com necessidades decorrentes do uso abusivo de álcool e outras drogas, de ambos os sexos, que apresentem acentuada vulnerabilidade social e/ou familiar e precisam de acompanhamento terapêutico e proteção temporária. O tempo de permanência nas Unidades de Acolhimento é de até seis meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Influencer digital Super Odair se pronuncia sobre caso de suposta importunação sexual contra engenheira agrônoma

O influenciador digital Odair José, o Super Odair se pronunciou nesta sexta-feira (27), so…