Petrolina (PE): Liminar da Justiça Federal suspende funcionamento do matadouro e prefeitura pode pagar multa de R$ 10 mil a R$ 500 mil por dia 

0

A 8ª Vara da Justiça Federal de Petrolina (PE) concedeu liminar para interromper a retomada das atividades do matadouro no antigo prédio, localizado numa área residencial de Petrolina.

Em sua defesa, o município de Petrolina (PE),   informou que apenas reabriria o matadouro após a empresa vencedora da licitação realizar as reformas hábeis a evitar poluição e obter todas as licenças para o funcionamento, mas moradores daquela localidade gravaram vídeos comprovando o início clandestino das atividades.

Para reabrir o matadouro em área de preservação permanente, o município precisa apresentar licenças e estudos comprovando ser possível instalar matadouro em área de preservação, próximo a residências e evitar a contaminação do ar, do solo e das águas nas margens do rio São Francisco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Denúncia do MPF contra ex-prefeito de Parnamirim (PE) é recebida pela Justiça Federal

A Justiça Federal recebeu denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-prefeit…