Petrolina (PE): Leitor afirma que nova empresa de transporte por aplicativo contraria decreto municipal: “Vejo que a Ammpla não está nem aí”, lamenta

Um leitor entrou em contato com a redação do Blog Edenevaldo Alves nesta sexta-feira (28), para relatar que a nova empresa que começou a prestar serviço de transporte por aplicativo em Petrolina (PE), tem contrariado o que diz o decreto municipal nº 022/2019. 

“Eu não entendo o porquê que este decreto para o motorista por aplicativo não está em vigor. Vários companheiros estão sem entender, por quê essa empresa está cadastrando carros com 20 anos de uso e adesivos, mais de acordo com o decreto é proibido adesivos com propaganda de plataforma e plaquinha luminosa.  Vejo que a Ammpla não está nem aí, e  nós motoristas que nos cadastramos e trocamos os veículos nós sentimos prejudicado pela Ammpla”, desabafou.

O documento regulamenta o serviço de transporte de passageiros em veículos particular por aplicativo e determina um conjunto de regras. No artigo 16, por exemplo, o decreto veta  a realização de publicidade nos veículos utilizados na prestação de serviço, bem como dispositivo luminoso ou capelinha, exceto adesivo de autorização da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina.

A redação do Blog Edenvealdo Alves encaminhou a demanda para a assessoria da Ammpla, e aguarda retorno sobre o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Maior concurso de quadrilhas do Sertão encerra inscrições esta semana

O prazo para as inscrições do Concurso de Quadrilhas de Petrolina termina nesta sexta-feir…