Petrolina (PE) intensifica fiscalização de descarte desordenado de lixo e multas serão aplicadas aos moradores

O descarte desordenado de lixo nas comunidades está na mira da Prefeitura de Petrolina. Visando coibir essa prática recorrente na cidade, a gestão municipal vai intensificar a fiscalização para garantir que os infratores sejam multados e comecem a pagar pelo prejuízo causado aos cofres públicos. Diariamente, as equipes da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) recolhem dezenas de caçambas de lixo de diversos bairros da cidade.

A Lei Nº 2.981, de 12 de dezembro de 2017, de autoria do vereador Rodrigo Teixeira Araújo, autoriza o Poder Executivo, a multar cidadãos que descartam lixos, de qualquer natureza, em logradouros públicos, na área urbana de Petrolina, com a finalidade de conscientizá-los em relação ao respeito ao meio-ambiente e aos moradores de diversos bairros que reclamam o descarte irregular de lixo e outros detritos.

O secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Fred Machado, ressalta que as ações serão mais enérgicas e as punições serão aplicadas. “Trabalhar a conscientização tem sido, sempre, nosso primeiro passo. Quase que semanalmente participamos de programas de rádio e diversos outros meios de comunicação da cidade pedindo a colaboração dos petrolinenses no sentido de parar com essa prática lamentável que é o descarte incorreto de lixo. A partir de agora, vamos intensificar a fiscalização e a aplicação de multas”, pontua.

Denúncia – A denúncia pode também ser formalizada na Ouvidoria Municipal, no 156 ou (87) 98844-2540 (WhatsApp). Através do sistema, é gerado um número de protocolo e com ele, o morador pode acompanhar o andamento do procedimento. Funcionando de segunda a sexta-feira de 7h às 13h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Plantio de mudas dá início a projeto para recuperação da nascente do Munduri em Jaguarari (BA)

O plantio de mil mudas de árvores nativas da Caatinga, marcou no último sábado (02), no mu…