Petrolina (PE): Hospital Dom Malan se pronucia sobre morte de recém-nascida

Após matéria intitulada “Petrolina (PE): Recém-nascida morre no hospital Dom Malan/IMIP e pai desabafa: “Eles torturaram minha filha até a morte”, divulgada nesta quinta-feira (04), pelo Blog Edenevaldo Alves, o hospital Dom Malan/IMIP emitiu nota esclarecendo a situação.

Confira a íntegra:

O Hospital Dom Malan ressalta que a paciente Lucicléia Ferreira dos Santos foi assistida pela equipe multidisciplinar durante todo o internamento. Entretanto, apesar dos esforços da equipe médica, o recém-nascido não sobreviveu a uma intercorrência causada por uma bradicardia intensa. O hospital, neste momento de dor e pesar, se solidariza com a família e se coloca à disposição para maiores esclarecimentos“.

2 Comentários

  1. Edna Ribeiro

    4 de fevereiro de 2021 em 13:07

    Absurdo, tem que ser presos essa cambada, se tivesse assistência à criança não teria morrido. Até quando esse Matadouro vai ficar fazendo isso com nossas crianças. Cadeia neles. Lamentável

    Responder

  2. Maria

    4 de fevereiro de 2021 em 21:34

    Sempre é essas justificativa, com mentiras, não fizeram nada o que era pra ser feito, como a pessoa já vai encaminhada para ser feito parto cesário e não fazem fica é induzindo. É muito absurdos que acontece, mais a justiça não funciona para os mais fracos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Poste com grave risco de cair na Av. Ricardo Soares Coelho, perto da Orla

Um poste de energia elétrica está quase desabando num trecho da  Av. Ricardo Soares Coelho…