Petrolina (PE): gestantes e puérperas precisam tomar a 1º dose da vacina contra a Covid-19

A vacina da Pfizer/Biontech foi destinada a mais de cinco mil gestantes e puérperas de Petrolina e dos 17 municípios que compõem a 8º e 9º Regional de Saúde. A Prefeitura está convidando essas mulheres do município a tomarem a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Nesses últimos dois dias, foram vacinadas 250 pessoas desse público-alvo.

Para ser vacinado é necessário realizar um cadastro no site: vacinacaopetrolina.tisaude.com. Além disso, ao se dirigir ao polo para imunização é obrigatório portar um documento de identificação com foto, comprovante de residência e uma declaração atestando que faz parte deste grupo prioritário. A vacinação ocorre das 8h às 17h.

“A vacina da Pfizer precisa ser armazenada em uma temperatura de -20°C, nesta temperatura, a vacina tem uma validade de apenas 14 dias. Porém o município de Petrolina recebeu essa vacina no último sábado (15), como ela já estava há uma semana no Recife, o tempo que temos de administração dessas doses é até o dia 23 de maio. Com isso, convidamos essa população que procure os polos de vacinação para receber o imunizante o mais breve possível”, alerta a diretora de Atenção Básica, Lorena Andrade.

Pontos de vacinação de grávidas e puérperas: SESC, no Centro; Escola Municipal Luiza de Castro, no João de Deus. Já por meio de drive-thur, a equipe estará no estacionamento da Justiça Federal, próximo à Câmara de Vereadores.

Petrolina também é referência para o armazenamento e aplicação da vacina em gestantes e puérperas de outros municípios pernambucanos. Este público está sendo vacinado em pontos diferentes dos que estão abertos para as petrolinenses. Os locais são: posto Paizão, posto Asa Branca e Escola Municipal Eliete Araújo, na Vila Mocó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Ministério Público recomenda fiscalização para fazer cumprir medidas de restrição

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de justiça Rita de Cássia Rodrigues, …