Petrolina (PE): Feirantes reclamam sobre logística de espaço provisório para reforma da feira da Areia Branca; diretor de feiras esclarece

O diretor de feiras em Petrolina (PE), Tony César, esclareceu na manhã desta terça-feira (26),  sobre o questionamento de feirantes da Areia Branca que reclamaram da  logística da prefeitura em colocar bancas de roupas junto com  box de carne na estrutura provisória  da feira, durante a reforça da estrutura atual. 

Tony disse que o assunto foi tratado em reunião  e continua do mesmo jeito que está na feira hoje.  O diretor reforçou que cereais, carne, peixe e uma parte de lanches ficarão juntos. Já as bancas de frutas e verdura ficarão do outro lado, porque a feira não comporta estacionamento de carne e verdura no mesmo momento. A  parte de confecção, por sua vez,  ficará na  rua da Apolônia que será interditada nos finais de semana.

A reforma que ainda começará, terá um prazo de 10 meses para ser concluída. A obra contemplará a troca  de todo o piso da estrutura, a reforma dos banheiros, box específicos para carne,   frango,   cereal e  queijo. Também será feita a  cobertura dos barzinhos, piso novo, palco para eventos culturais, nova iluminação e  nova tubulação de água.

A mudança para a estrutura provisória estava prevista para começar nesta terça-feira (26), mas foi adiada e deve acontecer nos próximos dias.

(Colaboração e foto- Ivo da Hora)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

STF decide que Petrobras não precisa se submeter à Lei das Licitações

Por 6 votos a 4, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a Petrobras não precisa se s…