Petrolina (PE): Em nota, defesa de Guarda Municipal afirma que vídeo divulgado não mostrou ameaças sofridas pelos servidores

Por meio de nota, os advogados de defesa do Guarda Civil Municipal envolvido no episódio de agressão a um homem na praça Dom Malan, em Petrolina (PE),  afirmaram que o vídeo divulgado nas redes sociais não mostra integralmente todos os fatos.

A defesa declarou que no domingo (12) os servidores sofreram ameaças e ofensas enquanto trabalhavam fazendo a segurança da cidade e que essa parte não foi mostrada no vídeo que repercutiu no município.

Confira a nota na íntegra:

“Diante da repercussão gerada sobre o vídeo veiculado nas redes sociais, vem, a defesa técnica do Guarda Municipal envolvido no fato do dia 12 de junho, capitaneada pelos advogados Adinová Dias, Felipe Sued e João Paulo Moreira, trazer os seguintes esclarecimentos:

Inicialmente, evidencia-se que o vídeo divulgado nas redes sociais não retrata integralmente a atuação da Guarda Municipal e seus integrantes, tendo sido registrado tão somente o momento oportuno do fato, deixando inclusive, de retratar as ofensas e ameaças sofridas pelos servidores no desempenho da sua atuação profissional e constitucional, ocorrido em momento anterior ao início das gravações.

Pontua-se que a Guarda Municipal Civil de Petrolina é uma instituição séria e comprometida com a sociedade, de igual forma o servidor envolvido na ocorrência, que não tem qualquer mácula ou processo administrativo que desabone sua reputação, tendo pautado sua atuação em consonância com os valores da moralidade, ética e respeito.

Por fim, todos os esclarecimentos necessários serão prestados em momento oportuno e no bojo de eventual processo administrativo disciplinar, respeitando o devido processo legal, a ampla defesa e o contraditório”.

FELIPE SUED AMORIM
OAB/PE nº57.787

JOÃO PAULO MOREIRA
OAB/PE nº57.799

ADINOVÁ DE LIRA DIAS
OAB/PE nº57.765

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Plantio de mudas dá início a projeto para recuperação da nascente do Munduri em Jaguarari (BA)

O plantio de mil mudas de árvores nativas da Caatinga, marcou no último sábado (02), no mu…