Petrolina (PE): Polícia impede e interdita festa clandestina em chácara próxima ao rio São Francisco

Na madrugada deste sábado (23), policiais militares do BIESP receberam uma denúncia sobre um evento com som ao vivo, aglomeração e consumo de bebida alcoólica em uma chácara próxima ao rio São Francisco, descumprindo o decreto estadual de combate à Covid-19.

Junto com a guarda municipal, AMMA, vigilância sanitária, ordem pública e a polícia civil, os policiais militares se deslocaram até o local e identificaram os organizadores do evento. Eles informaram que tratava-se de uma despedida de um amigo próximo, e que foi cobrado um quilo de alimento para entrada da festa. No entanto, o efetivo descobriu uma lista de presença com indicação de pagamento, através do pix, para entrada na festa.

Assim, os organizadores foram conduzidos à Delegacia de plantão e apresentados a autoridade policial competente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

‘Fica muito difícil para o setor’, diz presidente da Associação de Bares e Restaurantes de Pernambuco sobre novo decreto de Paulo Câmara

Em vídeo divulgado no começo da tarde desta sexta-feira (26), o presidente da seccional Pe…