Petrolina (PE) é a primeira cidade pernambucana a receber iluminação pública inteligente

Os bairros de Petrolina (PE) serão os primeiros do Estado a ser iluminados por postes inteligentes. Ao todo, foram instaladas 5 mil luminárias inteligentes por toda a cidade, frutos de uma parceria entre a TIM Brasil e a ENGIE, empresa que atua no setor de energia renovável. Os postes usam conectividade em Narrow Band – Internet of Things (NB-IoT ou Banda Estreita para Internet das Coisas), tecnologia geralmente usada para projetos de cidades inteligentes.

Para funcionar, as luminárias contam com módulos que auxiliam na gestão do serviço prestado à distância, com equipamentos integrados funcionando em ambiente de nuvem, todos conectados com a internet da operadora de telefonia. Mas qual a diferença delas para um poste comum? Segundo o diretor de Desenvolvimento de Mercado IoT & 5G da TIM, Alexandre Dal Forno, a adição dos postes inteligentes ajuda, principalmente, a identificar quando há algo diferente.

“Luminárias inteligentes são capazes, por exemplo, de ter acendimento e dimerização definidas previamente, dentro de rotinas estabelecidas pela concessionária. Remotamente, é possível acompanhar e identificar comportamentos fora do padrão, fazer manutenções preditivas e otimizar todo o processo de gestão”.

Outro ponto positivo é a diminuição do tempo de reparo, graças ao monitoramento dos postes. Na prática, será mais fácil identificar quando algum dos pontos de iluminação para de funcionar, identificar o problema e, algumas vezes, resolver de forma remota, além de gastar menos energia por permitir a criação de rotinas na hora de acender e apagar as luzes.

Fechado para comentários

Veja também

Operação Unum Corpus chega a 502  presos na Bahia e outros estados; Juazeiro na lista

A 13ª fase da Operação Unum Corpus chegou a 502 prisões, na terça-feira (18). Entre os 338…