Petrolina (PE): Delegados da Polícia Civil alertam população sobre os 4 golpes virtuais que mais acontecem

Os delegados de Petrolina (PE) Joseilton Sampaio e Isabela Cabral estiveram no Programa Edenevaldo Alves (Petrolina FM) nesta quarta-feira (24), para reforçar a campanha contra golpes.  A iniciativa tem como objetivo difundir informações, de forma massiva,  para proteger a população contra os diversos tipos de golpes aplicados por criminosos  na internet.

Os delegados apontaram pelo menos quatro tipos de golpes mais comuns que têm sido aplicados com frequência e feito vítimas de todas as classes sociais.

O primeiro  golpe  citado é  quando o criminoso  clona a foto do Whatsapp de uma pessoa e se passa por ela para pedir dinheiro aos contatos.   “Desconfie, ainda que a foto seja de um familiar. Qual é a dica, faça uma chamada de vídeo, uma ligação telefônica. É uma medida muito simples”, disse a delegada Isabela.

O segundo mais comum  é o  golpe do falso intermediário. Ele é aplicados no mercado de compra e venda de carros usados em que o criminoso  clona um  anúncio  de algum veículo num site de vendas, e oferece um preço mais baixo.  Ele  consegue atrair o comprador e passa a manter  contato tanto com o  vendedor quanto com a vítima que vai adquirir o veículo. O criminosos também pede sigilo para ambos nas negociações e conclui o crime com o dinheiro do comprador numa conta laranja.

O terceiro diz diz respeito a  clonagem de  whatsapp. O criminoso  consegue uma numeração e clona o aplicativo e passa a conversar com os contatos da vítima para obter vantagem  financeira. Para evitar que whatsapp seja clonado, os usuários devem acessar configurações>  conta> configuração em duas etapas e criar uma senha.

O quatro golpe mais aplicado acontece via ligação telefônica e acontece mais com idosos. O golpista se identifica como funcionário de bancos ou empresas gerenciadoras de crédito e diz que  o cartão  precisa ser trocado e que a instituição financeira está entrando em contato para agendar a retirada do cartão e entregar outro.  De acordo com o delegado Joseiton, o golpista chega a ir na casa da vítima para pegar o cartão.

A campanha contra golpes foi lançada no último dia 18 de novembro e conta com a ajuda da população para ser propagada. “Nesses casos casos de golpe virtual, nossa maior arma é a informação”, afirmou a delegada Isabela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Defesa Civil alerta população para a possibilidade de chuva forte em Juazeiro (BA)

A Defesa Civil de Juazeiro informa a população sobre a possibilidade de chuvas fortes no m…