Petrolina (PE): Delegado afirma que acusado premeditou crime contra menina de 11 anos que foi estuprada e morta

0

O Delegado de Polícia Civil em Petrolina (PE), Gabriel Sapucaia,  afirmou que o acusado pela morte da criança de 11 anos ocorrido no domingo (11),  aproveitou da condição de ser  irmão do padrasto da vítima para praticar a conduta brutal.

De acordo com Sapucaia,  o acusado identificado como Francinaldo Feitosa da Silva premeditou os crimes contra Mariana Sousa Santos e confessou, em depoimento, ter estuprado a menina por duas vezes, em seguida enforcado e quebrado o pescoço dela no intuito de acobertar o crime.

O delegado afirmou que a mãe da criança já desconfiava da possibilidade do abuso por parte de Francinaldo, e por essa razão estava tentando o afastar do convívio da família.

No entanto, no  dia 11 de outubro  o imputado teve acesso a criança e a atraiu para um matagal  entre o bairro Parque Petrolina e Residencial Bernardino,  onde praticou os estupros e  homicídio qualificado.

Após B.O e diligências da Polícia Militar, o acusado foi capturado e preso no bairro Terras do Sul, em Petrolina (PE).  Francinaldo é ex-presidiário e tem diversas passagens por crimes, sobretudo tráfico de drogas. Ele foi solto recentemente por tráfico  e estava respondendo em liberdade.

(colaboração: Cesar do Lau)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

TRE-PE impede nome que faça menção a candidatura coletiva

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) julgou, nesta segunda-feira …