Petrolina (PE): Colégio GGE arrecada donativos para campanha Páscoa Solidária 2024

O ambiente escolar é um espaço de diversos aprendizados, que vão muito além de conteúdos didáticos e também estimulam os alunos a desenvolverem ações de engajamento social e empatia. Com a proximidade da Semana Santa, todas as unidades do Colégio GGE estão realizando mais uma edição da campanha Páscoa Solidária, com o objetivo de beneficiar instituições carentes, através da arrecadação e doação de alimentos não perecíveis e de produtos de higiene infantil. Na ação, ainda são doados chocolates para adoçar a vida de outras crianças.

De acordo com a psicóloga do GGE de Petrolina, Ana Alcanfor, a iniciativa, idealizada pelo Serviço de Orientação Educacional e Psicológica (SOEP), é um ato de solidariedade e caridade importante. “O projeto Páscoa Solidária estimula os nossos alunos desde pequenos a refletirem sobre valores fundamentais, como a solidariedade e a generosidade, por meio do exercício de ajudar as pessoas, principalmente, aqueles que mais necessitam. Isso ajuda as nossas crianças a desenvolverem empatia e respeito ao próximo, entendendo que, através da doação, eles podem contribuir para um futuro melhor”, ressalta.

A ação abrange desde os alunos da Educação Infantil até os do Ensino Fundamental II, assim como seus familiares. As arrecadações ocorrem em cada uma das unidades locais do Colégio GGE, de Caruaru, Recife, Aldeia, Petrolina e João Pessoa. Instituições e abrigos de cada uma das regiões, que acolhem crianças em situação de vulnerabilidade, serão beneficiadas. A entrega das doações é realizada pelas psicólogas do SOEP, que também realizam o registro do momento, para que todos os participantes possam acompanhar.

A profissional ainda ressalta que, para as famílias que desejam participar, o prazo de arrecadação vai até o dia 27 deste mês. As doações devem ser levadas pelos próprios alunos e serão recolhidas em sala de aula pela equipe responsável de cada unidade. A categoria para doação dos estudantes da Educação Infantil são materiais de higiene e chocolates, já os do Fundamental I e II podem doar alimentos não perecíveis. Mais informações estão sendo disponibilizadas, semanalmente, por meio do V4 (Sistema de Gestão Pedagógica), pela agenda dos alunos e através das redes sociais.

Fechado para comentários

Veja também

Ministro da Justiça escolhe primeira mulher para chefiar superintendência da PRF no Distrito Federal

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, escolheu a primeira mulher…