Petrolina (PE): Após denúncia de jegue que tenta morder pedestres, prefeitura dá prazo de três dias para dona tomar providências

Após denúncia  sobre um jegue que tenta morder pessoas que transitam no pátio da feira livre do bairro José e Maria, em Petrolina (PE), o repórter do  Programa Edenevaldo Alves (Petrolina FM), Ivo da Hora o  diretor presidente da Agência de Vigilância Sanitária de Petrolina, Marcelo Gama, estiveram no endereço para verificar a situação.

O animal que é utilizado para o serviço de frete estava num local limpo e tinha comida e água à disposição. Ele estava amarrado junto à uma carroça  e conforme verificado por Marcelo Gama, não apresentava sinais de maus-tratos.

Porém, como pelo menos duas moradoras afirmaram que o animal já tentou mordê-las, a dona  do jegue tem o prazo de três dias para tomar as devidas providências para que o jegue não atrapalhe o direito de ir e vir da população, e não coloque em risco a vida das pessoas.

De acordo com Marcelo, se a dona do animal não fizer conforme o recomendado, o CCZ fará o recolhimento e só vai liberá-lo após  multa.

(colaboração e foto – Ivo da Hora)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Vai faltar água em toda a cidade na próxima terça-feira (20)

A Prefeitura de Juazeiro, através do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), inform…