Petrolina (PE): Ammpla começa retirada de adesivos irregulares em empresa de aplicativo

O diretor-presidente da Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla) de Petrolina (PE), Franklin Alves, enfatizou sobre a retirada de adesivos que estavam identificando a circulação de motoristas de aplicativ0 na cidade por empresas que não são credenciadas pelo município.

“Tivemos um exemplo da Maxim, Viagens e Entregas, que entrou com uma mandado de segurança contra a Ammpla, até agora não se tem a decisão ou despacho sobre isso e continuamos com a fiscalização, são veículos na maioria das vezes que não têm condições de operar. Os veículos precisam ter condições de rodar nas vias ou não passaram por vistoria, foi dado prazo para empresa regularizar essa situação”, enfatizou.

Alves ressaltou que os carros precisam ser credenciados pela prefeitura de Petrolina (PE), o que não altera o serviço de entrega de mercadorias realizado pela empresa.

“Os veículos que prestam serviço para essa empresa precisam passar por uma vistoria, tiramos os adesivos de alguns veículos, porque quando você plota o carro, o cliente não vai usar o aplicativo, e começa a utilizar o veículo como se fosse táxi, o decreto do município proíbe essa plotagem”, concluiu.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…