Petrolina (PE): Ambulantes são capacitados para boas práticas de manipulação de alimentos nos festejos de São João

A Prefeitura de Petrolina ofereceu uma capacitação voltada aos vendedores ambulantes que vão trabalhar durante o São João que se aproxima. O evento coordenado pela Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS) ocorreu na quarta-feira (11), na Câmara de Vereadores do municipío. Na oportunidade, os ambulantes que vão montar suas barracas receberam as orientação sobre conservação, manejo e higiene dos produtos durante os festejos.

Eliane Barbosa já trabalha em restaurantes há cerca de 20 anos, mas pela primeira vez vai vender durante o período junino. A comerciante falou sobre a expectativa para as noites de festa, “Como é uma época parada para o meu segmento eu decidi partir para o ramo de ambulante, é onde vai gerar muita renda. Estou torcendo para que dê certo”, conclui.

Para a presidente da Associação de Barraqueiros e Ambulantes do Vale do São Francisco (ABAEVE), Maria Salomé da Silva, quem trabalha no evento precisa saber e entender as normas sanitárias para que todos possam aproveitar a festa, já que a população aguarda por esse momento há dois anos. “Depois desses anos sem trabalhar agora, mais do que nunca, temos que tomar todos os cuidados. Como a gente trabalha com manipulação de alimentos é necessário ter cuidado, até porque quem vem consumir tem que saber que vai levar algo que não prejudicará a sua saúde”, afirma.

De acordo com a ABAEVE, durante toda as festividades juninas, que vão desde o São João nos bairros até a Jecana do Capim, mais de 300 ambulantes vão trabalhar. Só nos dias do São João no novo Pátio Ana das Carrancas são 216 vendedores. Um deles será o José Paulo, que trabalha desde 2015 na festa. “Graças a Deus estamos retornando. Esse é um momento muito importante, pois a gente precisa trabalhar seguindo todas as condições de higienização. Isso é bom pros clientes e pra gente. Além disso, eu agradeço muito ao prefeito, Simão Durando, pela parceria que tem com a gente e com todo mundo que faz parte da associação”, aponta o vendedor.

O diretor-presidente da Vigilância Sanitária, Marcelo Gama, reforça que é necessário seguir as recomendações e orientações que a instituição passa, afinal o trabalho precisa ser conjunto. “A Vigilância Sanitária é o órgão que regula e orienta essas pessoas. A capacitação acontece todos os anos para que possamos garantir que os turistas, os petrolinenses e aqueles que trabalham durante as comemorações possam ingerir alimentos limpos e seguros. A orientação do nosso prefeito Simão Durando, é seguir com o trabalho que dá certo e gera resultado”, afirma Marcelo Gama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Sindsemp realiza assembleia com técnicos e auxiliares em enfermagem de Petrolina (PE)

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina – Sindsemp, realizou nesta sex…