Petrolina: Em nota, UPAE responde sobre atendimento à professora diagnostica com apendicite

0

Após matéria publicada neste Blog intitulada “Professora diagnosticada com apendicite é liberada por médica da UPAE”, a unidade hospitalar enviou nota de esclarecimento para explicar o caso.

Confira:

“​A Unidade de Pronto Atendimento de Petrolina (UPA 24h) informa que no dia 30 de outubro a equipe trabalhou com 160% de taxa de ocupação e que APENAS UM DOS MÉDICOS da escala esteve realizando o processo de regulação de um paciente para Salgueiro (que é a referência hospitalar psiquiátrica da Rede PEBA). ​

A restrição de plantão (especialmente nesta data) aconteceu pela necessidade da equipe de saúde realizar a transferência do paciente para outro município através de ambulância/UTI móvel. ​

Devido às circunstâncias citadas acima, no dia, o atendimento foi priorizado aos pacientes vermelhos e amarelos (com risco iminente de morte). ​

Como a paciente, no momento do acolhimento foi identificada com os sinais vitais normais, ela foi referenciada para um outro serviço de saúde, onde foi atendida e encaminhada para a rede hospitalar. ​

Vale ressaltar que a UPA de Petrolina atende, em média, 350 pacientes por dia e que é a única referência de urgência e emergência SUS adulto para uma cidade do porte de Petrolina”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Estudantes encaram provas do SSA 3 neste final de semana em Petrolina

Estudantes do terceiro ano do ensino médio encaram, a partir deste domingo (17), as provas…