Pesquisa mapeia perfil imunológico de pernambucanos com a Covid-19

0

Pesquisadores do Departamento de Genética e do Departamento de Patologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em parceria com o Hospital IRCCS Infantile Burlo Garofolo, em Trieste, na Itália, publicaram o primeiro artigo Immunoinformatic approach to assess SARS-CoV-2 protein S epitopes recognised by the most frequent MHC-I alleles in the Brazilian population, envolvendo uma associação dos perfis imunológicos da população de Pernambuco com o novo coronavírus.

O artigo foi publicado no Journal of Clinical Pathology, periódico médico revisado por especialistas que cobre todos os aspectos da patologia, e teve como objetivo auxiliar no entendimento da biologia da infecção e da resposta imune contra o vírus considerando as características genéticas da população brasileira.

Nesse sentido, foi avaliado o complexo de histocompatibilidade classe I (MHC-I, Major Histocompatibility Complex Class I). Além disso, o grupo analisou os peptídeos da proteína S do vírus SARS-CoV-2 para identificar epítopos capazes de provocar uma resposta imune mediada pelos alelos MHC-I mais frequentes usando métodos de bioinformática (simulações em computador).

Após a realização das análises, foram identificados 24 epítopos capazes de interagir com 17 alelos mais frequentes do MHC-I na população brasileira. A metodologia aplicada pode ser ampliada para outras regiões do Brasil e do mundo, sendo certamente úteis para a definição de estratégias vacinais e de tratamento contra a Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Eleições 2020: Limite de volume de carro de som só pode atingir 80 decibéis, afirma promotor

O Promotor de Propaganda  Eleitoral da  144ª Zona Eleitoral de Petrolina (PE), Lauriney Lo…