Pernambuco registra terceira semana seguida de aumento de notificações de casos graves de Covid-19

Pela terceira semana consecutiva, Pernambuco registrou aumento na notificação de casos graves de Covid-19. Na semana epidemiológica 37 de 2021, período de 12 a 18 de setembro, o Estado teve 514 casos – o indicador engloba casos suspeitos e confirmados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), aqueles considerados graves da doença. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) argumentou que, na última semana, apesar desse aumento nos casos graves, a ocupação de leitos se manteve estável e, além disso, as solicitações de vagas de UTI apresentaram redução.

Na semana anterior, a 36, período de 5 a 11 de setembro, foram 480 notificações. Já na semana 35, de 29 de agosto a 4 de setembro, foram 384 registros. E na semana 34, de 22 a 28 de agosto, 376.

O índice da semana 37 é o mais alto registrado desde a semana 30, entre 25 e 31 de julho, quando a SES-PE recebeu 508 notificações.

Apesar da tendência recente de aceleração, os índices permanecem abaixo do pico de casos graves da Covid-19 no Estado, notificado na semana epidemiológica 17 de 2020, de 19 a 25 de abril, que foi de 3.397 casos. Em 2021, o recorde foi de 2.007 casos, na semana 20, de 23 a 29 de maio.

Por meio de nota enviada à reportagem, a SES-PE informou que a análise do cenário epidemiológico da Covid-19 em Pernambuco é feita com base em uma série de indicadores e não apenas de forma isolada, além de reiterar a estabilidade na ocupação de leitos e redução nas solicitações por vagas de UTI.

“O Estado também continua com uma baixa positividade geral para a Covid-19, com a taxa oscilando entre 8% e 6%. Estes dados reforçam a circulação de outros vírus e agentes infecciosos com repercussão respiratória em Pernambuco”, acrescentou a secretaria.

“Por fim, a SES-PE destaca que a pandemia ainda não acabou e o caminho para continuar reduzindo os indicadores e para avançar na retomada das atividades é a vacinação completa, com duas doses, e a manutenção do cuidado, com o uso correto da máscara, o distanciamento físico e o cumprimento dos protocolos”, finalizou a pasta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Rio de Janeiro prevê desobrigar uso de máscara ao ar livre a partir da próxima semana

A prefeitura da cidade do Rio de Janeiro prevê dispensar a obrigatoriedade do uso de másca…