Pernambuco: Receita Federal apreende  20 toneladas de lixo hospitalar  em contêiner que saiu da Europa

Embora  o importador tenha alegado que a carga era de material hospitalar sem uso, e que os objetos seriam reciclados pela empresa,  a agência disse também que não importa se os materiais foram usados ou não, mas “estão contra as normas de saúde pública por serem declarados como outros produtos”.

A Receita Federal e a Anvisa estão avaliando o que será feito com a carga de lixo hospitalar. A Vigilância Sanitária entende que fazer a incineração seria a melhor opção, segundo a Receita.

Resíduos hospitalares foram encontrados em contêiner no Porto de Suape, no Grande Recife — Foto: Receita Federal/Divulgação

Carca com 20 toneladas de lixo hospitalar foi apreendida no Porto de Suape, no Grande Recife — Foto: Receita Federal/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Secretário Lucas Ramos apresenta repúdio à política de desmonte da ciência e tecnologia pelo Governo Bolsonaro

O secretário de Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Lucas Ramos (PSB), lamentou o enxugame…